Runas Intuitivas

florzinha As Runas Terapêuticas

As runas são um alfabeto mágico e sagrado usado pelos antigos povos da Europa com finalidades seculares e espirituais, incluindo a adivinhação do futuro. Os símbolos transformam-se em arquétipos de um sistema de crenças espirituais comparáveis aos do I Ching e de outros sistemas oraculares.

A palavra “runa” pode ser rastreada até o norueguês antigo “run”, que significa mistério, segredo. Assim, pode o conselheiro de runas ser chamado de Run-wita, ou seja, a pessoa que conhece os segredos. O “run” veio provavelmente do alemão antigo “runa”, que significa “aquele que sussurra”, e originalmente do radical indo-europeu “Ru” que significa “coisa misteriosa e secreta”.

De acordo com sua historia mística, as runas eram uma dádiva dos deuses a Odin. Odin pode ser identificado como um deus do vento ou da tempestade. Seus adoradores o associavam às forças dos elementos da natureza, ao eterno ciclo de morte e renascimentos e às fontes mais arcaicas da sabedoria mágica.

 

runas

florzinha As Runas Intuitivas ou Runas das Bruxas

Estamos acostumados a ouvir falar de runas nórdicas, o alfabeto mágico escandinavo. As runas das bruxas são uma variação moderna que usa imagens, não funcionando como alfabeto. Não se sabe ao certo onde apareceram, mas já são conhecidas há muitos anos. Foram citadas pela primeira vez no livro “La tapa del caldero” (Lid Off the Cauldron: Handbook for Witches) de Patrícia Crowther.

Este jogo de runas é utilizado como método divinatório por algumas bruxas. Desconhece-se sua origem, embora pareça que para sua realização foram utilizados símbolos empregados pelo povo cigano em suas mancias divinatórias.

O lançador e as runas tornam-se uma unidade sincronizada produtora de uma energia mágico-espiritual que leva a uma experiência divinatória bem sucedida. As runas tem o poder de proporcionar ao seu lançador a oportunidade de liberar a consciência psíquica interna. O lançador de runas deve buscar uma visão holística da vida, em harmonia com as suas crenças e a aceitação das forças da natureza e da individualidade do próximo.

Bem vindos ao mundo das RUNAS INTUITIVAS ou TERAPÊUTICAS como gosto de chamar, cujo caminho começamos agora a trilhar ….